domingo, 16 de dezembro de 2007

Budapeste - Hungria

Chegamos em Budapeste umas 10 da manha, 3 horas depois que saimos de Bratislava. A estacao era zuada, nao tinha posto de informacoes, ninguem falava ingles, tava triste. Vivenciei uma das melhores cenas da viagem ao pedir informacao pra um motorista de busao. So faltou o cara sambar pra tentar me explicar como chegar no centro. Muito engracado. O cara falava em hungaro, eu falava em ingles, ninguem se entendia, demais !!! Mas por sorte uma mulher que falava ingles viu a minha dificuldade de entender hungaro e me ajudou.

Ja tinhamos pego informacoes desse hostel de Budapeste quando estavamos na Eslovaquia. O nome eh Red Bus Hostel. Fica numa otima localizacao, no lado Peste, proximo ao Danubio e a uma rua para pedestres no estilo Florida de BsAs ou Grafton Street de Dublin. Era um predinho feio e velho, internet paga, mas achei o quarto bem limpo, cafe incluso e um pessoal super prestativo. Dessa vez pegamos quarto duplo mesmo.

Como minha gripe ainda nao tava totalmente eliminada, pegamos um tour num onibus, que passava por todos os pontos principais de Budapeste. Ainda bem que fizemos isso, pois ao contrario das cidades que tinhamos acabado de visitar, a capital hungara eh muito grande, e os pontos turisticos sao bastente dispersos.

Passamos pela Praca dos Herois, o parque proximo, as estacoes, o Parlamento, que eh realmente muito bonito.
Pelo lado de Buda, passamos pelo Castelo de Budapeste (show de bola) e fomos ate a Citadella, num morro bem alto, onde o onibus parou e descemos para curtir a vista da cidade, que tambem eh cortada pelo Danubio.
A cidade eh muito bonita, e tambem lembra Paris. Porem, ao contrario de Praga, a semelhanca sao as grandes avenidas, parecidas com os grands boulevards da capital francesa.

No dia seguinte, ultimo da viagem, fomos curtir as famosas termas de Budapeste. Fomos a uma chamada Szechenzyi Furdo, perto da Praca dos Herois. Seguimos as dicas de um nativo e nao fomos a Gellert (a mais famosa) devido ao alto numero de turistas. Nao eh caro (menos de 10 euros) e eh bom pra relaxar.
Na parte interna tem piscinas de agua sulfurosa, que faz bem pra pele e eh bom pra tratar doencas, mas fede que eh uma beleza !!!
Na parte externa, como era inverno, todo mundo que ia trocar de piscina tinha que correr !!! Afinal, voce sai de uma agua de 36ºC pra uma temperatura ambiente de -2ºC !!! La tem sauna tambem.

Depois de praticamente passar o dia nas termas, voltamos pra Dublin satisfeitos e cansados !!!

2 comentários:

leonardo disse...

FAaale pedrones!!

Irado essa parte da viagem hein....mas e ai... pegou neve em todos estes lugares?????

Ate ai no velho continente vc nao consegue ficar longe das saunas GAYs ne!! safado!!
hahaha bjos pedrones!!

cibele disse...

E AÍ BATECO!

QUE LEGAL ESSE DIARIO DE BORDO!

VOU ACOMPANHAR TUDO!

BJOS CIBILAM